Ao utilizar este website está a concordar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade.

OK

DESDE 1994! Somos especialistas em protecção de plantas em Agricultura Biológica e Produção Integrada.

Inseticidas Biológicos e Vegetais Fungicidas e Elicitores Confusão Sexual Armadilhas, Atrativos e Feromonas Biofertilizantes Serviços
Copo mosqueiro plástico - tipo Tephri, com copo amarelo, tampa transparente, orificios canal e gancho de suporte
Pormenor componentes interiores (cesto feromona e canais transparentes nos orificios) do copo mosqueiro - tipo Tephri - para a captura de dípteros
3,00€Acresce 6% de IVA
Adicionar ao Carrinho

Valor unitário do copo mosqueiro para aquisições iguais ou superiores a 50 unidades por encomenda.

O copo mosqueiro (armadilha tipo Tephri) é constituido por um copo amarelo (com quatro orifícios laterais e outro no funil interior invertido), quatro canais transparentes para instalação nos orifícios laterais, um cesto interno para colocação das feromonas, uma tampa translúcida com sistema de encaixe e cabide metálico para suspensão. Este foi desenvolvido para a monitorização de dípteros (moscas-da-fruta) que causam danos nos frutos em diversas culturas agrícolas, nomeadamente: citrinos, pomóideas, prunóideas, vinha e pequenos frutos.

Os canais transparentes devem ser montados nos orifícios laterais do copo de acordo com a imagem ilustrativa que se encontra ao lado (rolar a imagem inicial).

No interior do copo deve colocar-se o cesto, de acordo com as instruções de montagem (ver imagem interior do copo), para a instalação da feromona da espécie de díptero que se pretende monitorizar (exemplos: Bactrocera oleae, Bactrocera dorsalis, Ceratitis capitata, Rhagoletis cerasi, Rhagoletis completa ou outra). A adição de 100 a 250 ml de água (com com 5 ml de sabão neutro ou óleo não utilizado) na base do copo mosqueiro ajuda na retenção das moscas capturadas.

Atrativo alimentar pode igualmente ser utilizado no copo para incrementar o nível das capturas, quer em combinação com a feromona ou de forma isolada. Caso se opte por utilizar o atrativo alimentar TRIMO-LURE®, específico para a mosca-do-mediterrâneo (Ceratitis capitata), basta abrir a embalagem no local indicado e colocá-la com a abertura para cima no interior do copo. Caso a opção seja a utilização do atrativo alimentar BioProtex® spray (atrativo alimentar generalista de elevado poder atrativo, desenvolvido para utilização em conjunção com inseticida em aplicações localizadas em oliveira, mas que pode ser igualmente utilizado com eficiência em armadilha), deve proceder-se à sua diluição na razão de 1:2 (100 ml de atrativo + 200 ml de água) antes da sua utilização e colocá-lo na base do copo. 

Após a instalação da feromona / atrativo, deve fechar-se a tampa e colocar o copo na localização onde pretende realizar a monitorização da praga. Este deve ser colocado na zona exposta a sul da copa das árvores (área exposta ao sol até ao meio-dia), em zona abrigada do sol direto e de forma que as folhas  / frutos não possam obstruir a entrada do inseto. Devem estar distribuídos na cultura, pelo menos a um metro acima do solo. Em árvores de grande porte deve posicionar-se pelo menos um copo no terço superior.

Recomenda-se que efetue a instalação dos copos na parcela a monitorizar, iniciando sempre a partir do exterior para o interior da mesma. Deve instalá-los em linhas concêntricas sucessivas de defesa, iniciando a distribuição das mesmas do exterior para o interior, dado que o ataque da praga migra normalmente nesse sentido. Devem estar intercalados, e distanciados entre si, a um máximo de 50 metros. Quanto menor for a malha de distribuição, maior será a eficiência da monitorização.

Recomenda-se sejam planeadas e realizadas monitorizações regulares, quer para limpeza, quer para reposição de água / atrativo, que naturalmente sofrem evaporação. As monitorizações devem igualmente ser efetuadas para contabilização e registo das capturas.

Nota: Aconselha-se que seja consultada a literatura disponível sobre a espécie para a cada zona, região ou país, e que sejam seguidas as recomendações presentes nas circulares regulares resultantes da atividade da Estação de Avisos Agrícolas da Direção Regional de Agricultura e Pescas de cada região. A utilização de metodologias de monitorização de pragas em culturas agrícolas pressupõe sempre, que as mesmas sejam acompanhadas de um plano consistente de amostragem dos danos na produção resultantes da atividade da praga, de forma a estar consciente da real situação verificada na cultura. 

O produto encontra-se disponível à unidade, que é fornecida com:

  • Um copo HDPE rígido amarelo;
  • Uma tampa HDPE translúcido;
  • Quatro canais HDPE transparente;
  • Um cesto HDPE interno translúcido;
  • Um cabide metálico.

Documentação


Ficha técnica

Ficha técnica

Copo mosqueiro



Compra Online

Os produtos Biosani podem ser encomendados via internet, através do carrinho de compras em cada página.

O valor dos portes é personalizado ao cliente, conforme necessidade e valor mais económico. Após receber a encomenda, a Biosani contacta o cliente o mais brevemente possível com informação referente ao valor total da encomenda e dados para pagamento.

Para qualquer dúvida, contacte-nos:


Produto Fitofarmacêutico

Os produtos fitofarmacêuticos requerem Cartão de Aplicador ou Cartão de Técnico Responsável.

  • Adicionar ao Carrinho

    Poderá utilizar o cartão de outra pessoa, desde que a mesma se responsabilize pela aplicação do tratamento.
    Consulte aqui a Lei n.º 26/2013 de 11 de abril (Distribuição, venda e aplicação de produtos fitofarmacêuticos).

    * Campos de preenchimento obrigatório
Subscreva a nossa Newsletter